A quarta visita, e última de 2009,  integrada no ciclo Laços de Família, a decorrer até Maio de 2010 no Jardim Botânico da Universidade de Lisboa, teve lugar nos passados dias 21 e 25 de Outubro de 2009. Desta vez, a visita foi dedicada à antiga e muito carismática família das palmeiras Palmae ou Arecaceae.

Visitámos mais de 20 espécies de palmeiras, da nossa palmeira-anã Chamaerops humilis à tamareira Phoenix dactylifera, e provámos todos uma tâmara para adoçar a visita.

Depois das visitas, recebi um comentário do Pedro Santos do blog Sombra Verde e da Associação Árvores de Portugal a alertar-me para uma praga que desconhecia e que ameaça já as palmeiras do Algarve e da zona de Coimbra e que foi já encontrada perto de Lisboa, na Moita. Trata-se do besouro Rhynchophorus ferrugineus, de origem tropical asiática, mas que tem vindo a invadir o Sul da Europa. É uma ameaça muito real às palmeiras. Uma razão acrescida para se conhecer o património de palmeiras de Lisboa, ainda no seu esplendor (pré-Rhynchophorus).

FrentePalmeiras

Frente do folheto das Palmeiras.

VersoPalmeiras

O verso do folheto das Palmeiras.