Foto por Jorge Teixeira Pinto

Decorreu em Lisboa, no passado Domingo, 31 de Janeiro de 2010, pelas 11h30, uma visita guiada ao Jardim França Borges, conhecido como Jardim do Príncipe Real. A visita teve a duração de 1h15 e teve como objectivo dar a conhecer à população um pouco mais sobre a história e árvores do jardim, ao mesmo tempo que se explicava as razões que leva um grupo de cidadãos de que faço parte, formado espontaneamente e que se denominou “Amigos do Príncipe Real”, a opor-se às obras em curso.

A aderência a esta visita foi uma surpresa. Várias dezenas de pessoas – podem-se contar mais de 70 pessoas numa das fotos tiradas durante a visita – ouviram com atenção o que foi sendo dito, fosse sobre o arvoredo em si, fosse sobre o conteúdo do projecto e a forma como está a decorrer a sua execução.

Enquanto guia da visita, tentei que a mesma fosse o mais interessante e agradável para todos, ao mesmo tempo que se expunham, uma a uma, as razões que me levam a mim, e muitas outras pessoas, no pleno usufruto dos seus direitos enquanto cidadãos, a questionar e criticar o que até agora tem acontecido em relação a estas obras.

Para já fica o registo fotográfico, feito por vários fotógrafos. Em breve publicarei um texto que dará continuidade à minha primeira intervenção sobre esta questão, intervenção essa que considero ainda muito pertinente e que pode ser lida aqui.

Foram, também, publicados dois artigos de reportagem sobre esta visita, um por Cristiano Pereira no Jornal de Notícias e outro por Alexandre Soares no i.

Foto por António Branco Almeida

Foto por Jorge T. Pinto

Foto por Jorge T. Pinto

Anúncios